The Witcher – Dos livros à série

Saga do bruxo Geralt de Rívia chega à Netflix no fim deste mês. Conheça sua origem e o que esperar desta série que promete ser um grande sucesso.

Muitos fãs do bruxão estão em polvorosa aguardando o dia 20/12, estreia da nova série da Netflix, “The Witcher“. Seja pelos livros ou pelos games, a história do bruxo caçador de monstros tem uma legião de fãs em todo o mundo e depois da revelação do trailer, estão todos otimistas pois, deve vir coisa muito boa por aí.

Talvez você seja apenas um apreciador de séries, ou um leitor ávido. Quem sabe… um jogador de games compulsivo? Não importa! The Witcher promete meter o pé na porta e surpreender os fãs.

Mas, vamos lá. Você conhece a origem da saga The Witcher? Então, sabendo ou não, vamos dar uma pequena explanada para que você se familiarize com a série.

The Witcher nasceu de um concurso de contos.

Nos anos 80 a revista polonesa Fantastyka, especializada em ficção científica e fantasia abriu um concurso de contos. Um dos participantes foi Andrzej Sapkowski com o conto intitulado “Wiedźmin”, ou em tradução literal, O Bruxo. Andrzej não venceu o concurso, mas mesmo assim, ganhou fãs e continuou escrevendo outros contos sobre as aventuras de Geralt de Rívia e o universo que o cercava. Com o sucesso alcançado com estas primeiras obras, mais livros foram escritos

The Witcher – Capa de o Último Desejo

Na década de 90 estas histórias foram reunidas em duas coletâneas: “O Último Desejo” e “A Espada do Destino.” Em seguida vieram outros livros.

  • O Sangue dos Elfos – 1994
  • Tempo do Desprezo – 1995
  • Batismo de Fogo – 1996
  • A Torre da Andorinha -1997
  • A Senhora do Lago – 1999

O Universo de Geralt de Rívia.

As histórias são ambientas em um mundo medieval que lembra as jornadas épicas de J. R. R. Tolkien com algumas diferenças básicas. Aqui os seres humanos são retratados em sua maioria como pessoas traiçoeiras, corruptas e egoístas. Este mundo também é infestado por diversas criaturas inspiradas pelo rico folclore eslavo, como anões, elfos e muito mais. No entanto, os humanos são novatos neste mundo, habitando-o não mais de 500 anos antes das primeiras aventuras de Geralt. Antigamente este mundo foi colonizado por elfos que vieram de outra dimensão. Quando chegaram, encontraram gnomos e anões e houveram guerras entre eles. Os anões acabaram retirando-se para as montanhas enquanto os elfos ficaram nas planícies e florestas. Quando os humanos chegaram travou-se uma nova guerra da qual os últimos se tornaram vitoriosos e dominantes da maior parte deste mundo. Os, considerados não-humanos, tornam-se cidadãos de segunda classe vivendo em pequenos subúrbios.

O continente é dividido entre Os Reinos do Norte, onde acontecem a maior parte das histórias, o reino ao sul é O Império de Nilfgaard. Ao oriente existem outros lugares como o Deserto de Korath e as Montanhas Flamejantes, mas que ainda são desconhecidas em sua maior parte. Outros países ainda são citados, normalmente em transações comerciais com Os Reinos do Norte.

Por fim, vamos falar do protagonista: Geralt de Rívia. Geralt é um bruxo, termo que dá nome à série. Neste universo bruxos são caçadores de monstros, geneticamente modificados quando jovens, desenvolvendo habilidades sobrenaturais para o propósito de se exterminar ameaças mortais. Os cabelos brancos, que lhe dão o apelido de Lobo Branco é um dos resultados da tal mutação. Sendo um dos últimos bruxos, Geralt é contratado para dar fim à monstros ameaçadores em diversos lugares, agindo como uma espécie de mercenário.

Para o autor, Geralt foi criado justamente para esse propósito, humanos comuns não poderiam realizar a tarefa de matar monstros aqui e acolá:

Sapateiros pobres não matam monstros”, afirmou ao Eurogamer sobre outros contos populares da época. “Soldados e cavaleiros? Geralmente são idiotas. E padres só querem dinheiro e transar com adolescentes. Então quem mata monstros? Profissionais. Você não contrata um aprendiz de sapateiro para fazer seus sapatos, você contrata um profissional. E então eu inventei o profissional para matar monstros.

Geralt de Rívia versão Game

Outros personagens também têm destaque na série como Yannefer e Ciri. A primeira é uma poderosa feiticeira e tem papel importante na trama. Já a jovem Ciri é filha da princesa de Cintra. Ela acaba se tornando protegida de Geralt, mas não se engane, ela é também muito poderosa e uma das personagens mais interessantes deste universo.

Dos livros para as HQ’s e Games

Muitas histórias em quadrinhos foram escritas sobre esse universo contando as aventuras do bruxo Geralt de Rívia, mas foi nos jogos que ele tornou-se mundialmente famoso, introduzindo posteriormente as obras literárias que lhe deram origem. A história retratada nos games data de 30 anos após o último livro, então quem conhece The Witcher apenas pelos games não conhece todo o universo que envolve os personagens e vice-versa.

The Witcher – HQ

The Witcher – A série da Netflix

Não se precisa dizer que as expectativas dos fãs dos livros ou jogos deste universo são altíssimas. Mas não só destes como também da legião de fãs do ator Henry Cavill que interpreta o bruxão na série. O ator britânico ganhou notoriedade ao interpretar o Superman nos filmes “O Homem de Aço”, “Batman v Superman” e “Liga da Justiça”. Tendo agradado o público por seu trabalho interpretando o mais icônico super-herói de todos os tempos, Cavill começou a brigar por papéis mais relevantes e Geralt pode ser reflexo deste sucesso.

Pelo trailer apresentado, tanto Geralt na pele de Cavill, quanto as demais personagens, a ambientação e a história parecem muito fiéis ao que os fãs já estão acostumados. Isso é sempre muito positivo. A série deve seguir os acontecimentos da série literária pelos primeiros livros, então presume-se que será diferente das histórias dos jogos.

Segundo alguns críticos que já assistiram ao primeiro episódio da série, The Witcher vai fazer “Game of Thrones” parecer algo ruim. Exageros à parte, o que se espera da nova série da Netflix é algo de altíssima qualidade, mas isso, só o tempo poderá confirmar.

Segue o trailer da série para você ir se preparando e tirando suas próprias conclusões.

The Witcher – Trailer

Publicado por Evan Klug

Escritor, Redator, Roteirista, Produtor de Conteúdo para Web e Analista de Qualidade. Amante da literatura, super-heróis, boa comida e o bom e velho rock n' Roll.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
<span>%d</span> blogueiros gostam disto: