A Restituição do Amor – Novos Autores

A história de duas refugiadas transporta-nos à dura realidade dos conflitos na Síria acompanhado de mortes, perdas, sofrimento e esperança.

Há livros feitos para entreter-nos, outros para nos fazer sonhar. Há livros que trazem novos mundos, diferentes de tudo que já imaginamos ou nos transportam para um futuro distante. Há livros que contam algo do passado, que nos apresentam um mundo paralelo imaginário. Alguns trazem amores improváveis, impossíveis, outros trazem trágicas histórias de fim do mundo e extinção da vida humana. Histórias de fantasmas, de monstros que não existem, de reinos, de dragões que cospem fogo ou de criaturas mitológicas que invadem nossos sonhos. De qualquer forma, um livro e uma boa história enriquecem nossa mente, nosso vocabulário, desestressam, fazem pensar.

Há, porém, livros que entram em nossa vida como uma bomba! Esfregam em nossa face a realidade. Aquela realidade que fingimos não ver. A dura realidade que não nos transporta a outros mundos mas transporta-nos para o nosso próprio mundo.

A Restituição do Amor – Um Amor que Resistiu Fronteiras do autor Marcos Pontal, é um desses livros. A narrativa começa contando como Aísha e Zayn se tornam um casal na Síria de 2008, conforme todas as tradições locais. No entanto em 2011, protestos da população pró-democracia desencadeia na Síria retaliações do presidente Bashar Assad. Toda e qualquer pessoa que se oponha ao governo do presidente é taxada de terrorista apoiada por estrangeiros. O saldo é que mais de 400 mil pessoas encontram-se mortas ou desaparecidas. É nesse contexto que começamos a acompanhar a história de Aísha e Fátima, nora e sogra, agora ambas viúvas, devido à guerra civil que assola o país.

As duas mulheres tornam-se muito próximas e um laço de amizade incondicional faz com permaneçam juntas. Elas refugiam-se no Brasil e aqui tentam recomeçar suas vidas, vidas essas que estão marcadas pelos horrores da guerra. A relação entre elas nos remete à história de Rute e Noemi no Velho Testamento. Mesmo com suas diferenças elas se unem para vencer a solidão, suas perdas e seus próprios fantasmas.

A Restituição do Amor, apresenta-nos os costumes do povo sírio e são abordados temas como a violência contra a mulher, suicídio, refugiados e perseguição a cristãos.

O livro ainda é encerrado com a poesia “Um Emprego no Vazio” de Mário Luiz Machado, pai do autor, escrita em 1981 mas, que permanecia em segredo até sua descoberta e publicação conjunta.

A Restituição do Amor – Capa

A Restituição do Amor pode ser encontrado na Amazon. Segue o link abaixo:

A Restituição do Amor

Você ainda pode ver um “teaser” do livro clicando aqui.

Em breve estaremos entrevistando o autor, Marcos Pontal, que falará mais sobre sua carreira, seus livros e as inspirações para escrever romances como A Restituição do Amor.

Publicado por Evan Klug

Escritor, Redator, Roteirista, Produtor de Conteúdo para Web e Analista de Qualidade. Amante da literatura, super-heróis, boa comida e o bom e velho rock n' Roll.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: